quarta-feira, 12 de março de 2008

É Natal, é Natal, lá lá lá...


Natal é quando um homem quiser, não é? Pois hoje foi Natal, para mim: recebi presentes de duas amigas muito queridas, completamente inesperados (e talvez imerecidos). Ainda estou comovida com eles, e tenho muito para deleitar-me com esta sorte que hoje me tocou à porta. Querem ver? Roam-se de inveja...
Da Mãe Natal Sofia - Uma longa carta muito bem escrita, numa caligrafia legível mas cheia de personalidade, em papel escolhido com capricho, rico de textura e bom gosto. Aqueceu-me a alma e trouxe-me de volta o prazer longínquo de trocar cartas verdadeiras, daquelas que chegam pelo correio, à moda antiga. Não revelo o conteúdo, porque é privado, mas digo-vos só que ainda estou com um sorriso depois de lê-la.
De Mamãe Noel Meggy - Uma caixa cheia de surpresas, desvendadas com o vagar e a volúpia que merece tudo o que é escolhido para nós, com amor e exclusividade. Cada uma delas, uma delícia. Ora vejam: Um livro de crónicas de Fabia Vitiello (Oba! Obrigada também a você, Fal, pela dedicatória cheia de sensibilidade. "Crônicas de Quase Amor" será a minha próxima leitura); um quadro feito com folhas e frutos vermelhos, artesanal, que já está pendurado na minha cozinha e ficou liiiiiindo!; um colar feito de sementes coloridas, outra peça do rico artesanato do Pará, de um gosto incrível (um must para o Verão!); um íman para o meu frigorífico, lembrando tesouros gastronómicos e cheirinhos do Brasil; e, last but not least, um cd da minha amada Maria Bethânia, ao vivo - Diamante Verdadeiro (alguém duvida?). Tudo isto para mim, Meg? Amiga, como vou eu retribuir tanto carinho atravessando o Atlântico?
Eu não digo que tenho os melhores amigos do mundo?

4 comments:

Sofia disse...

Então, o sorriso mantém-se?

Tu merecias, minha querida! E percebeste a caligrafia? Bondade tua. És mesmo minha amiga!

Beijos miúda e atende o telefone que eu tenho novidades fresquinhas, se as enviar por carta passam a velhinhas!

p.s. Ainda aguardo o postal turco! ;)

av disse...

É verdade, o postal turco!! Mas juro que ele ainda por aí, dentro de uma carteira qualquer...
beijinhos

O Réprobo disse...

Os Amigos são o melhor neste mundo cão e das poucas coisas que o resgatam. Como sou... amiguinho, preparei um postal de desagravo à Maçã, que tão querida é à Ana.
Beijinho

av disse...

Obrigada pelo postal, querido Réprobo. Já lá fui espreitar e agradecer (enfim, não é bem um agradecimento, é mais uma queixa...)
Um beijinho