quarta-feira, 12 de março de 2008

Esclarecimento

Uma Frésia, para quem não conhece.
Como diria Magritte, "ceci n'est pas une fleur".
"C'est un bijou de la nature", acrescento eu.

8 comments:

Sofia disse...

Eu prefiro as brássicas!
beijos

O Réprobo disse...

Un Geste de Sympathie, acrescento eu. Muito reconhecido! Vir à «Porta do Vento» é a melhor profilaxia para não morrer parvo, como sói dizer-se.
Beijinho, gostei muito. A flor é lindíssima.

leonor disse...

Adoro frésias também :-)

MariaV disse...

As frésias também são as minhas flores preferidas. Gosto delas de todas cores, misturadas, a perfumar a casa como mais nenhumas conseguem. A propósito: agora não é tempo delas, pois não? É que não as tenho visto...

musqueteira disse...

... Tulipas de todas as cores!

Pitucha disse...

Aprender. Aprender todos os dias! Mas não garanto que decore tal nome. Mas que são lindas, são.
Beijos

African Queen disse...

São lindas, sim senhora :) mas das frésias o que mais gosto é mesmo o aroma doce, forte... uma flor tão frágil e pequenina que enche o mundo de cor e de perfume.
Mas as minhas flores preferidas são mesmo as camélias. Há certos lugares que quando as camélias abrem explodem de cor e me emocionam.

av disse...

Sofs: Brássicas? Essas não conheço...

Paulo: Esse é, seguramente, o elogio mais original que este blog já teve!

Leonor: Tu percebes de flores, que eu sei. As tuas são lindas.

Mariav: Já começaram a aparecer, mas ainda é cedo para elas. Também adoro jarras com todas as cores misturadas, mas tenho uma dúvida: essas, de todas as cores, não se chamam "ervilhas de cheiro"? É que, se não são as mesmas, são muito parecidas.

Musqueteira: As túlipas também são lindas.

Pitucha: Os nomes das flores raramente são tão bonitos como elas. Basta que fixes a imagem e, se as comprares, nunca mais esquecerás também o aroma.

AQ: Tens razão, as camélias são uma flor deslumbrante. Vi em Guimarães (no Paço de S. Cipriano, um solar do séc. 14), um jardim com muros e buchos de camélias, recortados à francesa, e nunca mais esqueci a beleza daquilo.