terça-feira, 25 de setembro de 2007

Never say never again



Uma pequena provocação aos meus doutos comentadores... porque o James Bond também é cultura. O Sean Connery, pelo menos, é uma obra de arte!

5 comments:

Mad disse...

Private joke?

Mad disse...

Já vi os livros lá em baixo. De certeza que não pôr um comentariozito a dizer: "comprem"?

ana vidal disse...

Mad,
Não, que ideia! (para as duas perguntas)

ORIANA disse...

Bem, a madrugada já vai alta... Deste James Bond eu gosto, ainda por cima assim tão novo... Ai aquele sorriso! Vou adormecer a pensar nele!

Aqui fica a letra da canção, "recortada" a meu belo prazer:

“I just could be the woman to take you and make you never say never again.
(...)
The touch of your voice. The feel of your eyes on me. You leave me no choice.
(...)
I just could be the woman to reach you And teach you to never say never again."

buenas noches
y nunca digan nunca jamás

un beso
ORIANA

ana vidal disse...

You said it, Oriana.
Bom recorte. Eu não escolheria melhor resumo!
;)