domingo, 10 de fevereiro de 2008

Parabéns, Roberta Flack

Roberta Flack faz hoje 69 anos. Parabéns! Encheu os meus dias longínquos de canções lindas. Não nego a beleza da celebérrima Killing me softly, mas tem sido tocada e repetida à exaustão e, como acontece nestes casos, fiquei saturada dela. Aqui fica a minha preferida. E continuo na onda da nostalgia, não há dúvida...

(Roberta Flack - The first time ever I saw your face)

Nota: Ofereço esta música ao meu querido cunhadinho Diogo, que faz hoje anos também e está sozinho, desterrado, sem a sua Saidinha. Não me esqueci, vês? E ninguém me lembrou, juro!

12 comments:

Teresa disse...

Também eu esgotei Killing Me Softky with His Song - mesmo sabendo que este ELE é Don McLean. O poema que deu origem à canção foi escrito depois de o ter ouvido cantar Empty Chairs ao vivo.

Este maravilhoso The first time... é para mim indissociável de Mary Travers, e faz parte de um disco que ao longo dos anos se tornou para mim uma autêntica obsessão - nunca foi editado em CD. Vou enviar-te a música. E o pungente Empty Chairs, já agora...

Happy Birthday, Miss Flack!

Beijo.

av disse...

Teresa, és uma verdadeira enciclopédia! Adoro ter amigos melómanos, que me ensinem o muito (muitíssimo) que eu não sei. Venham de lá os presentes, que bom!

Outro

Mad disse...

Roberta Flack??? Não me parece nada que ele consiga ouvir a música até ao fim. Enfim, talvez no meio das lágrimas... LOL!

av disse...

Mad,
A Flack já cá estava, e não tenho culpa que eles façam anos no mesmo dia! Cheira-me que ele não a vai ouvir até ao fim porque adormece antes, mas enfim...

Sofia disse...

Mais depressa lhe dedicava um rock pesado, ao tadinho moreno que está SOZINHO...

Olha querida, tu vais ver que eu descubro quem é a 'cantante' que faz anos amanhã que também levas uma surpresa... pode ser que tenhas sorte!

beijos
p.s. Já voltei, mas o pescoço mantem-se péssimo, devia ter lá ficado de fim-de-semana!

JG disse...

Andei à procura desta canção no YouTube e, ceguinho, não dei por ela.
Optei pelo Killing Me Softly que, no meu tempo de menino e moço, numa "boite" no Estoril, me fez ficar pelo beicinho...
Mas porque é que eu sou assim, pró romântiquinho?

Pedro disse...

Associo-me à dupla homenagem (à Flack e ao Diogo do rancho fundo) e aproveito para lembrar Tonight I celebrate my love for you. Beijinho, Ana. Abraço, Diogo. E beijinho também para a Mad!

Anónimo disse...

Tão querida a minha cunhadinha, muito obrigado por te lembrares.

Quanto á música, gostei muitzzzzzzzzzz... Eh,Eh. Estou a brincar, gostei mesmo. A parva da tua irmã é que (ainda) acha que eu só gosto de Rock pesado.

E hoge, que é que faz anos? Pois é, também não me esqueci. Muitos parabens cunhadinha, que faças muitos e que continues a ser o espectáculo que és. És o tipo de pessoa que se gosta logo á primeira e que se continua a gostar para sempre. Espero ter a sorte de ser sempre teu cunhado.

Vamos lá ver se para o ano estou aí a festejar contigo. Diverte-te!!!

Cunhadinho

av disse...

JG,
"pró romantiquinho" acho que também sou, e não me importo nada!
Beijo

Pedro,
E lembra muito bem. Gosto mesmo muito dessa canção, sabe?
Um beijo

Cunhadinho anónimo,
Snif, snif. Assim deixas-me comovida... tadinho, sozinho no dia de anos. Também gosto muuuuito de ti e espero ter-te como cunhado toda a vida, mas se não fores cunhado (vira essa boca para lá!) serás sempre AMIGO!
Aqui para nós que ninguém nos ouve, ficas bem em qualquer sala de jantar... estou a brincar, és muito mais do que bonito. Mas lá que és bonitinho, isso és. Olha a baba...
Beijocas

av disse...

E para o ano é garantido, cunhadinho: festejamos juntos!!

Mad disse...

Mas que pouca-vergonha é esta????

av disse...

Ó p'ra ela com ciúmes, cunhadinho!!
Disse alguma mentira, miúda?