sábado, 19 de janeiro de 2008

Regras para um bom português


1. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc.

2. É absolutamente desnecessário empregar um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de esmero excessivo que raia o exibicionismo narcisistico.

3. Anule aliterações altamente abusivas.

4. não esqueça as maiúsculas no inicio das frases.

5. Fuja de lugares-comuns como o diabo foge da cruz.

6. O uso de parêntesis (mesmo quando for relevante) é desnecessário.

7. Estrangeirismos estão out, palavras de origem portuguesa estão in.

8. Evite o emprego de gíria, mesmo que pareça nice, tá fixe?

9. Palavras de baixo calão podem transformar o seu texto numa merda.

10. Nunca generalize: generalizar é um erro em todas as situações.

11. Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida.

12. Não abuse das citações. Como costuma dizer um amigo meu: "Quem cita os outros não tem ideias próprias".

13. Frases incompletas podem causar

14. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez, ou por outras palavras, não repita a mesma ideia várias vezes.

15. Seja mais ou menos especifico.
16. Frases com apenas uma palavra? Jamais!

17. A voz passiva deve ser evitada.

18. Utilize a pontuação correctamente o ponto e a virgula especialmente será que já ninguém sabe utilizar o ponto de interrogação

19. Quem precisa de perguntas retóricas?

20. Conforme recomenda a A.G.O.P, nunca use siglas desconhecidas.

21. Exagerar é cem milhões de vezes pior do que a moderação.

22. Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-las-ei!"

23. Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.

24. Não abuse das exclamações! Nunca! O seu texto fica horrível!

25. Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão da ideia nelas contida, e, por conterem mais que uma ideia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessivel, forçam desta forma, o pobre leitor a separá-la nos seus diversos componentes, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.

26. Cuidado com a hortografia, para não estrupar a lingúa portuguêza.

27. Seja incisivo e coerente, ou não.

28. Não fique escrevendo no gerúndio. Você vai deixando seu texto pobre - causando ambiguidade - e esquisito, ficando com a sensação de que as coisas ainda estão acontecendo.

29. Outra barbaridade que você deve evitar é usar muitas expressões que acabem por denunciar a região onde tu moras, carago!

Nota: Texto recebido por e-mail, de um autor que desconheço.

24 comments:

Hugo disse...

Muito bom. Parabéns ao autor, seja ele quem for.

av disse...

Também acho. E não faço ideia de quem é o autor, infelizmente.

RAA disse...

É divertidíssimo!

JG disse...

Fantástico. Que imaginação delirante!
Pena não se saber a origem.
Bjj

Olá Hugo. Estás bom? Um abraço e bom domingo.

Idem para ti, Ana.

av disse...

Bom domingo para todos também.
bjs

JuliaML disse...

Ana,

Um texto a sério e muito bom tem o Anibal Beça sobre "como escrever bem".
Este eu já conhecia,mas valeu recordar.
bjinho

gisela cañamero disse...

Belíssimo!!!

av disse...

Júlia,
Não conheço esse texto do Aníbal Beça mas vou pedir-lho, porque ele sabe muito bem do que fala (ou escreve, neste caso). Isto lembrou-me que não nos "mailamos" já há algum tempo, desde que o convidei para a minha antologia gastronómica e ele me mandou vários poemas.
Bjs

Gisela
Uma cigarra fica sempre bem nesta paisagem. Um beijo e volte sempre.

miguel disse...

O correio electrónico é o mundo da humildade e da discrição por excelência. Esta é uma das muitas criações geniais anónimas que correm o planeta ( pelo menos o lusófono). É que é mesmo genial!E E vá-se lá saber alguma vez quem foi o autor.

peri s.c. disse...

Gosto de parêntesis . Inclusive pelo nome, soa como algo muito importante.

Uma curiosidade na telinha dos comentários : a palavra alcunha, que aparece nos blogs de Portugal . Aqui no Brasil, tem o mesmo sentido de apelido, mas é usada para criminosos.
Por exemplo : " foi preso o perigoso bandido José da Silva, alcunha Zézinho TrêsOitão."
bjs

av disse...

Peri, olha só o que eu já ri com este seu comentário!! "Alcunha", no Brasil, é só para criminosos??? Você nem imagina a quantidade de "trêsOitão" (o revólver calibre 38, não é isso?) que haveria por cá, se assim fosse...
Um beijo divertido

peri s.c. disse...

Ana
Impossível não rir, quando vejo essa "alcunha", que tenho que preencher. Sinto que sou um elemento perigoso à sociedade.

Essa palavra já foi muito usada na imprensa policial sensacionalista, sempre retrógada até no uso da linguagem. Mas está caindo em desuso.
Assim como os 3oitões, que estão sendo trocados pelas pistolas 9mm e pelos calibre 380, que impressionam muito mais as vítimas e fazem muito mais estragos.

ah, ah, você usou parêntesis!

e eu exclamação ...
beijo

peri s.c. disse...

oops,
correção : "retrógrada"

ass. : peris.c.
alcunha : o criminoso da escrita

av disse...

E agora você usou abreviaturas! E exclamação outra vez!
E eu também...
Bom, o melhor é não escrever mais, mesmo.
Um beijo, amigo.

JuliaML disse...

eu sabia a fonte desse texto,Ana,mas já não lembro.sei que rolou há uns anos na net e era proveniente de um site que tinha textos sobre o tema bons.
A tal ponto, que acabou por fazer parte de um livro "Como escrever bem" que tenho algures na minha estante.
Sobre o Anibal, já há uns 3 anos que não nos escrevemos , mas tenho armazenado o texto e o mail. sei que era "abecca@....qualquer coisa.
peço-lhe temp opara procurar.

beijinho

av disse...

Ok, Júlia, obrigada.
Também devo ter o endereço dele por aí, provavelmente nos arquivos do meu livro. Queria escrever ao Aníbal para pedir-lhe que me dê notícias de outro amigo comum, de quem não sei nada há muito tempo. Se encontrar primeiro o endereço mande-me, está bem? E o texto também, porque esse não conheço.
Um beijinho e obrigada

tcl disse...

lindo! adorei! estou violando os números 16, 24 e 28! nice! (idem para 6 e 7)!

sem-se-ver disse...

eh pá vou roubar pró meu? posso posso posso??

av disse...

claro claro claro, ssv!
bjs

MariaV disse...

Mais logo, com mais tempo, também vou tentar "roubar" este texto e pôr no meu recém-nascido Vou pelo Sonho. A tua sorte é que não sei se vou conseguir.
Inté
Rosarinho

samuel disse...

Muito bom.

av disse...

mariav (já reparaste que a tua assinatura é quase "marialva"? LOL),

Não seja por isso, eu mando-te o texto por mail. Depois é só fazeres um copy/paste para o blog e já está. Boa?

cs disse...

divinal

passei ontem e esqueci de comentar

av disse...

Olá CS, obrigada pela achega.
Volte sempre.