sábado, 19 de janeiro de 2008

De Madrid

Madrid continua a mesma cidade imparável de sempre.

Cheguei ao hotel há pouco, de um evento onde estavam cerca de 600 pessoas, num belo palacete neoclássico que pertence ao consulado italiano. E muitas dessas pessoas seguiram para mais "unas copas", por aí.
Por lá as "copas" não faltaram, nem o luxo de um cocktail em que ficámos todos mais do que jantados. O núcleo duro da empresa que organizou o evento esteve hoje a trabalhar toda a tarde a uma velocidade alucinante, para assegurar o êxito que todos testemunhámos. Mais: sei que combinaram um pequeno almoço de trabalho para amanhã, às nove e meia da manhã, uma reunião de balanço do dia de hoje e para delinear estratégias futuras. Assim mesmo: um desayuno a um sábado, bem cedo, depois de uma festa de arromba.
Mas, pasme-se: foi esse mesmo grupo, apesar de tudo isto, o principal impulsionador da ideia de partir dali para "la noche". Fantásticos hermanos nuestros, que têm um fôlego de se lhes tirar o chapéu!
Uma amostra da música que me acompanhou na viagem de volta: o velho álbum Fisica y Quimica, de Joaquin Sabina.

(Joaquin Sabina - A La Orilla De La Chimenea)

7 comments:

miguel disse...

Ui, que sorte. Mais Madrid. Mas olha, já que a etiqueta da entrada tem a ver com curiosidades, o teu relato ficou, digamos "meio-relato".
Que evento foi esse?

Sofia disse...

Madrid! Me espera um mês que já aí chego! E já sou tão 'hermana', tão 'hermana' que é salir até cair e levantar logo a seguir para ir dormir no Retiro ao sol!
Já estou em contagem decrescente...

beijinhos e bebe aí umas copas por mim e dá um beijo a essa cidade maravilhosa

av disse...

Fui em trabalho, Miguel. Um evento privado, embora de grande dimensão e muito badalado por lá.
Cusco, hein?...

av disse...

Missão cumprida, Sofia: as copas já estão bebidas (em número pouco recomendável, aliás) e o beijo está dado, com todo o gosto.

Sofia disse...

Em número pouco recomendável? Onde deixaste o juízo? Achei que essa parte era para mim? (LOL)

beijinhos e porta-te mal ;)

p.s. vejo que regressaste em força, mas sabes que agora já não sou doméstica, não posso comentar todos de uma vez

Huckleberry Friend disse...

Ah, Madrid! Já está quase... não vai ser muito tempo, mas seremos donos dele a 100%! E, tal como os espanhóis da tua entrada, Ana, vamos meter na agenda copas, museus, tapas, amigos, poemas, noitadas, matinadas, Ar.CO, terrazas, canções e o que mais (não) couber... serão las tardes de invierno por Madrid / las noches enteras sin dormir!

PS: O que escreves ajuda a explicar diferenças de produtividade entre hermanos ibéricos, no? Beijinhos.

av disse...

Infelizmente, Huck, ajuda mesmo. Lamento reconhecê-lo, mas é verdade.
Beijo