sábado, 12 de janeiro de 2008

Porque no te callas?


Que Mário Soares sempre cultivou uma pose majestática, já todos sabemos. O país deixou-o sempre brincar aos reis, porque sempre lhe achou graça e sempre lhe perdoou tudo. Em nome de uma dívida antiga, possivelmente, já que ele nos "salvou" de uma mais do que certa condenação a um comunismo radical altamente preocupante, à época. Mas Soares não pode queixar-se do seu país: Portugal tem demonstrado larga e generosamente a sua gratidão, concedendo-lhe uma espécie de carta branca (que atribui a muito poucos, note-se) e aturando todos os caprichos e excentricidades deste seu longevo enfant gaté. Às vezes, já um bocadinho farto, diz-lhe um "basta!", como aconteceu nas últimas eleições presidenciais. Mas, normalmente, deixa-o passear a sua coroa fictícia sem comentários de maior. Trinta e tal anos depois, a tal dívida já foi, quanto a mim, mais do que saldada.
Mas Soares leva o seu papel de rei muito a sério. Agora, segundo parece, foi o seu "par" espanhol que o inspirou. Na Fundação onde instalou a sua corte, mandou calar sem cerimónias um membro da plateia que interrompeu o discurso de Sócrates com um comentário crítico, dizendo-lhe: "O senhor cale-se, está aqui como convidado mas também pode ser convidado a sair." .
Ora aí está. Para quem sempre fez da liberdade de expressão uma bandeira, não está mal...

3 comments:

RAA disse...

Nunca tiva pachorra para o Mário Soares, mas concordo que ele, o Zenha mais os Nove, fundamentalmente estes, mas também o PPD e a Igreja, foram importantíssimos para nos livrarem destes Moutas Lizes e outros Otelos, basbaques que queriam transformar isto numa espécie de Albânia (como se não fôssemos já suficientemente miseráveis). Por isso, vizinha -- e depois de ter lido a notícia -- acho que o Soares esteve muito bem. É como diz o Sócrates: se o Mouta quissese ter usado da palavra, deveria tê-la pedido, em vez de se pôr a arengar. Se há gente que me tira do sério são estes velhos estalinistas albaneses armados em progressistas. :(

av disse...

Eu até lhe dou razão, vizinho. Também me irritam imenso esses "velhos estalinistas albaneses", como você diz. Mas vindo do Soares, que também diz tanta coisa a mais, cheira-me sempre a esturro, o que é que quer?
;)

PSB disse...

Para além do mais, é de uma falta de chá a todos os níveis dirigir-se deste modo a um convidado (certamente causou mais distúrbio no discurso do pm do que o próprio comentário do outro), além de ter assumido uma pose pouco democrática de chefe de sala (aqui sou eu que mando e que selecciono os comentários). Para a próxima, se o comentarista era indesejável, tenha mais cuidado na lista dos convites a fazer.