terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Pelo sonho


mais um recém-nascido neste imenso e (ainda) novo mundo da blogosfera: ainda não se aguenta bem em pé, ainda tropeça e cai, mas promete.
Ou não abrisse as portas com o belíssimo poema de Sebastião da Gama, anunciando que é pelo sonho que vai. E vai bem, que o sonho é o único caminho que nos leva a algum lugar. Tenho muita honra em ser uma das madrinhas do neófito.

9 comments:

MariaV disse...

A sua benção, Madrinha!
Não posso deixar de ficar comovida: tu, a escritora da família, sentes-te honrada? Pois eu vou ficar mimada.
Beijo
Rosarinho

Afilhada disse...

Já vi que o estatuto de Madrinha já é profissão! Mas eu 'nasci' há mais tempo e sou a preferida, não sou?

um beijinho grande com muitas borboletas na barriga

JG disse...

Fui lá.
Não é tão titubeante. Estava à espera de ver um bebé de fraldas mas afinal o que lá está de gente graúda. E da boa.
Deixei lá uma bjka.
Espero não levar com a mala na cara :)))

JG disse...

Falta um "assim" depois do "titubeante".
Ficou nas teclas.

av disse...

Sofia, não sejas ciumenta... esta madrinha tem braços grandes e costas largas!

JG,
Isso é porque ela aprende depressa e tem muito para dizer. Eu sabia que não ia demorar. E estás em casa, não há nenhum risco de levar com a mala na cara. Lol

MariaV disse...

"Quer-se" dizer, para além de dizeres que sou titubeante, ainda dizes que dou com a mala na cara das visitas? Rica madrinha! LOL

Beijinhos
Rosarinho

av disse...

Eu????
O JG é que estava com medo de ti, eu não disse nada disso, ora essa!
E gosto do olho enchapelado...
beijinhos

JG disse...

Olha, Ana. Esta menina MariaV é uma distraída.
Deixou um texto no meu Zoo.
Não lhe basta já a nadar a bater nos carros dos outros?

Esta tua afilhada é demais.
Bom domingo

JG disse...

"Nadar"?????

Mas não haverá um único comentário em que a minha malfadada troca de letras não aconteça?

Desculpes e obrigades.