segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Par gourmandise

Je t'aime aussi par gourmandise...

Estamos no Natal, tempo de mil guloseimas. E há algumas que não fazem desequilibrar a balança. Como esta deliciosa letra cantada, com a maior graça, por quem sabe dizer estas coisas melhor do que ninguém: Aznavour, claro. Quem mais? Ofereço-a a todos os que gostam destas e de outras guloseimas.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA


8 comments:

adelaide amorim disse...

Uma delícia de post, imagem, som e palavras bem-humoradas...
Beijo grande.

av disse...

Um beijo também, Adelaide.
Já lá vou espreitar a sua Coluna do Meio, que nunca perco.

Pantagruel disse...

Com a beleza desta "receita", na voz deste ilustre "Chef", este Natal vai ser muito sensitivo e deliciosamente convidativo. Como em tudo na Vida, a gourmandize torna-se um prazer indizível, fantasiado com imaginação qb e a deixar-nos na boca o sentimento da partilha do mesmo sabor.

av disse...

Que enigmático, Pantagruel... mas ainda bem que o inspirei com esta música. Espero que a Vida lhe sorria sempre assim, mesmo quando tiver passado o Natal e as guloseimas da época.

JP disse...

Isto é que abrir o apetite para o que aí vem!

Que se lixe a dieta, porque guloso me assumo!
E como tem estado um frio de rachar, venham a mim as calorias!!

Beijos.

Capitão-Mor disse...

Não se arranjam umas broas castelares por aí?

Sofia disse...

Eu ando tão atrasada na minha leitura de blogues que ainda não tinha visto este... e a minha dieta que não permite estes desvarios antes de amanhã... Sabes que o senhor Aznavour vem cá em Fevereiro? Ah pois é... e eu vou!

beijinhos doces

av disse...

JP e Capitão,

Agora não há dietas. Em Janeiro pensa-se nisso outra vez.
Bjs

Sofia,
Sim, já sabia, mas não comprei bilhetes ainda. E quando me decidir, já sei, não vai haver...
Só tenho medo de que ele esteja já sem voz e sem fôlego, e preferia lembrar-me dele em pleno. Mas talvez não esteja assim, quem sabe?

beijinhos