sábado, 10 de novembro de 2007

CHI-LE-NOS


Existe uma embirração estranhíssima entre os presidentes da república portugueses e o povo do Chile: primeiro foi Jorge Sampaio, que chamou cubanos aos chilenos. Agora, Cavaco Silva chamou-lhes chineses!!!
Meus senhores, soletrem comigo, devagarinho:
C-H-I-L-E-N-O-S.
Vá, outra vez. Agora com sílabas:
CHI-LE-NOS.
Isso mesmo. Pronto. Viram que não é difícil?

7 comments:

Mad disse...

LOL!!!

hfm disse...

É assim mesmo!
Gostei muito do que aqui encontrei. Voltarei seguramente. Gostei da forma como tratas a palavra.

ana vidal disse...

Bem vinda, Helena.
Aproveitei para conhecer-te (3 blogs, que fôlego!!) e também gostei muito do que vi e li. Os links já estão lá em baixo, dando conta dos teus diversos talentos. Parabéns!
Um beijo

Ricardo Fonseca disse...

É fácil...

CHI-NE-NOS

não...

CHI-LE-SES

ainda não...

CHI-LE-NUS...

é com "o"...

CHI-LE-NOS...

Bem disse que era fácil. : )

ana vidal disse...

LOL!
Facílimo, não é?
É só tirar-lhes os olhos em bico e o copo de cuba libre da mão...

Mário disse...

Talvez por razões diplomáticas, Cavaco, no seu discurso no dia da poesia sobre o mar, teceu loas à universalidade da língua portuguesa, e à riqueza da "língua chilena". Chilena? Não falam no Chile castelhano? Mesmo com sotaque e neologismos?
Mais um cavaco para a fogueira!

ana vidal disse...

Pois, é caso para nos deixar a todos encavacados...