segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Última ceia

O que tem de tão mágico esta pintura de Leonardo, para fazer correr rios de tinta e inspirar tantas interpretações ? Aceitam-se sugestões para o mistério.

(Clique nas imagens para ampliá-las)

20 comments:

JG disse...

Estou agonizante mas ainda estou vivo. Quando chegar à altura de dizer: "Pai, afasta de mim este cálice.", aviso-te.

Não desvendo a solução por razões óbvias:)))

Um bj do cleptomaníaco-mor

JG disse...

E já agora uma perguntinha: onde raio foste tu buscar tantas ceias para todos os gostos e feitios?

ana vidal disse...

Olha, fui buscá-las por aí... tenho que me habituar à ideia de passar a ter mais trabalho daqui em diante, agora que tu vais partir deste mundo. Era tão bom ir roubar-te tudo o que me apetecia! Vou para o inferno, mas não te perdoo.

Quando o tal cálice estiver vazio, vem aqui beber um copo com os amigos. Talvez animes.
beijo

pedro sanchez disse...

Querida Ana

Gostava muito de contribuir para a resolução deste mistério, mas a minha sapiência não chega a tanto, e como acho "O Código DaVinci" meramente uma fonte inteligente de venda de papel, para pôr em marcha mais uma desacreditação da Igreja e seus pilares, tais como tantas outras, prefiro pensar e acreditar no dogma da fé, e não me pôr a dissecar esses dogmas das Religiões, sejam Elas quais forem.

Apenas me permito dizer duas coisas mais:

Este fantástico quadro de Leonardo tenta retratar a última ceia e a polémica que tem levantado quanto a uma presença feminina. A mim não faz sentido pois cabelos compridos na época todos ou quase todos os tinham, e quanto a ter barba nem todos os homens são fertéis nesse apêndice da subcutis. Eu nunca o fui. E quanto a homens com feições enfememinadas, quantos não há.

Por fim embora goste deste quadro e ache uma maravilha a tua recolha de últimas ceias aqui presentes, para mim a mais expetacular de todas elas e que comigo sempre mexeu, é a de Salvador Dali sem dúvida nenhuma.

Aliás Dali sempre deu lições ao Mundo de uma forma de pintar pouco comum, sendo para mim um ídole. Chamam-lhe Neorealista, eu chamar-lhe-ia Fisionista.

bj, pp.

TRIONFO AL GRAND disse...

::Esta eu sei! Mas não digo!!
Deixa de ter piada...=))

pedro sanchez disse...

Essa não se faz meu/minha caro/a Trionfo al Grand, deixar uma pessoa assim em suspense.

Ficará pois V. Exª responsável pelo meu estado de ansiedade e pelas caixas de xanax que terei que tomar.

Vá lá diga lá não seja assim.

Juro, com dedos cruzados, que não revelarei a ninguém.

TRIONFO AL GRAND disse...

Vº Exa perdoe-me! Mais uma caixinha de Xanax mas não digo!=)
Já foi mencionado=))
Uma Excelente noite=)

james disse...

Interessantíssimo.

Um abraço.

papalagui disse...

Acho que tenho lá outra :-)
Muito giro, gostei muito.
Bjs
Leonor

João Paulo Cardoso disse...

Para mim, naquele dia foi servido o melhor arroz de cabidela de sempre e ainda hoje tentam repetir a façanha...

Beijos.

ana vidal disse...

Meus amigos:

Deixei aqui estas imagens apenas como proposta de reflexão. Não tenho, obviamente, a solução para o mistério. Limitei-me a fazer uma constatação óbvia, já que estas são só algumas das muitas versões que há desta cena (literalmente).
Vejo que há aqui comentários que vão dos mais místicos e profundos pensamentos até às mais heréticas congeminações. Com total liberdade, portanto. Exactamente como eu gosto.

Manuel Teixeira disse...

Lindo, Ana !

Gosto muito especialmente da nº1 e da nº7, a contar de cima.
Quanto á verdadeira interpretação creio que o mistério permanecerá, e ele é a grande parte do encanto.
Manel

Mad disse...

O JP, para variar, fez o melhor comentário.

carolina disse...

genial, e comentários idem!

peri s.c. disse...

ana
Interessantíssimo esse post.
Fico imaginando se a Santa Ceia fosse hoje.
Teríamos vários "chefs" esbofeteando-se para ter a primazia de preparar a refeição. Empresas lutariam pelo patrocínio da cerimônia, e exigiriam um lugar à mesa para ser sorteado entre seus clientes. Redes de TV ofereceriam fortunas incalculáveis pelos direitos de transmissão. Na platéia, camarotes para Super VIPs de todo mundo. Ao fundo, os dois tenores cantando.Cineastas famosos seriam contratados para fazer o "making-off" do evento.
Seria num estádio de futebol ?

ana vidal disse...

Peri,
Brilhante comentário. Suprema ironia, mas tão verdadeira! Provavelmente aconteceria tudo isso que você diz, caso a Ceia fosse hoje. E mais ainda.

beijo
ana

sem-se-ver disse...

que post fantástico!

é só pena que cada uma não esteja identificada, sinceramente lho digo. mas magnífica visão!

ana vidal disse...

Toada a razão, e já tinha pensado nisso. Mas não fiz logo, e agora não tenho tempo, minha amiga. Sorry.

GUGA ALAYON disse...

Culpa do Dan Brown

ana vidal disse...

Do interesse pelo tema? Não me parece, a coisa é bem mais antiga. Mas não há dúvida de que ele veio agitar as águas outra vez. Com muitas técnicas de marketing e muita pirotecnia, mas veio.

Seja bem vindo a esta casa, Guga.

Ana