quarta-feira, 19 de setembro de 2007

The bright side of death

Hoje é um dia triste: despediu-se da blogosfera um dos mais inteligentes, certeiros e divertidos blogs que por cá andavam. O BLOG DA SABEDORIA, do meu amigo JG. Com muita pena minha, mesmo muita pena, presto-lhe aqui a minha última e sentida homenagem. Mas tenho a obrigação de fazê-lo em grande estilo, porque ele não merece menos do que este epitáfio:

Cá fico à espera da reencarnação, JG. A falta que me vais fazer, até lá!...

Nota: O JG continua a brindar-nos com os fantásticos "O século Prodigioso" (o veterano) e "Light my life" (o neófito), blogs de consulta obrigatória para quem aprecia o bom gosto e as artes plásticas. E há mais: "O rosto da cidade" (fotografias de Lisboa) e "Horas dispersas" (publicidade), igualmente bons mas parcos em actualizações. O que se compreende...

3 comments:

manuel teixeira disse...

Boa, Ana !
Mais uma pérola !
Acho que este é talvez um dos melhores, senão o melhor,
epitáfio que se pode ambicionar.
Este é talvez um dos melhores exemplos de como se pode tarnsmitir uma grande tristesa atravez do riso e do humor, como lidar com coisas sérias sem se levar a vida a sério, como homenagear alguém do modo que esse alguém gostaria de ser homenageado.
Saber rir como forma de chorar.
Já tinha ouvido falar deste 'memorial service' mas nunca tinha tido o previlégio de o ver. E, se bem te percebo e como grande anglófilo que sou, muito particularmente na área do humor, da comunicação, e da expressão dos sentimentos, só posso concluir que O BLOG DA SABEDORIA do teu amigo JG te vai mesmo fazer falta. Muita falta.
E, ou a sério ou a brincar, este teu epitáfio creio que te é profundamente sentido.
Um beijo do Manel

ana vidal disse...

Manel,
Também acho um privilégio ser lembrado assim pelos amigos. É um epitáfio fantástico, sem elogios de circunstância nem lágrimas "obrigatórias".
E o JG bem o merece. O Blog da Sabedoria foi uma companhia diária para mim, que prezo muito o humor inteligente e acredito que ele é o remédio mais eficaz para quase tudo na vida. E quanto a isso concordo contigo, ninguém o tem tão afinado como os ingleses.
(Já na expressão dos sentimentos, prefiro os latinos...)

Beijo, see U later
Ana

sem-se-ver disse...

ana,
tiro-lhe o chapéu. muito bem escolhido, de muito bom gosto. e muito merecido também.