sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Coisa rara


Coisa rara

Não tá no jeito de olhar eu sei que não
Não tá no gosto paladar também tá não
Não é um brinde de esperança ou sedução
Mas tem um quê de coisa boa tentação
É como filme que começa eu sei que é bom
Mas o final quem é que sabe
A direção é coisa rara
O nosso encontro é coisa rara

A gente é gente diferente
A nossa história é só da gente
É sem legenda ou tecla SAP
Assim de fora é bem maluco
Meio tarado como eunuco
É solidão na multidão

Enquanto um vice o outro versa
Enquanto um cala outro confessa
E a gente fica nesta espera
Discutindo o não vivido
Verso quebrado corpo ungido
E se doer eu sei que sara
Porque a gente é coisa rara
O nosso encontro é coisa rara
O nosso amor é coisa rara

(Tatiana Rocha)
Para ouvir a música, clicar aqui

(Nota: Imagem - "Os amantes", de Magritte)

4 comments:

Lord Broken Pottery disse...

Ana,
Adoro essa composição da Tatiana (letra e música). Deixei um presentinho pra você lá no Lord.
Beijo

ana vidal disse...

Também eu, milord. E não acha que liga tão bem com o Magritte?

beijo
ana

Tatiana disse...

Você não imagina a minha emoção de encontrar a canção aqui!
Fiquei toda boba!
Um beijo, viu?

ana vidal disse...

Outro para você, Tatiana. E parabéns pela canção, que é linda.
Gosto muito do seu blog.

Ana