quarta-feira, 11 de julho de 2007

Breve e demolidora


Depois de um longo dia de trabalho, o marido senta-se à mesa para jantar e a mulher, solícita, pergunta-lhe:


- Sirvo-te?


- Às vezes...

5 comments:

Zénite disse...

Boa!!!

Para a próxima, por certo, o interpelante deixará de ser tão lacónico. ;)

av disse...

Para a próxima não vai existir sequer interpelado, a avaliar pela expressão da "esposa prendada" e pelo jogo de facas que eu lhe dei...

av disse...

Gostei do 'Peer Gynt' lá no seu castelo. É uma música que me lembra a infância, não sei porquê. E também da homenagem à Sophia, nossa grandíssima poeta.

FL disse...

Engraçado... ainda ontem comprei um jogo de facas parecido com esse! E ainda trazia a tábua de madeira como brinde. Tudo por 5,00€, para a casa nova:)

Ou para o caso de "servir" a alguém;-)

Beijos

av disse...

nunca se sabe... uma dona de casa tem que ter sempre um bom jogo de facas, para o que der e vier.

bjs
ana