quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Sem rede


Amigos:
Continuo sem net ainda, por isso não tenho aparecido nem respondido às mensagens. Passei hoje por aqui, numa corrida, mas não tenho tempo para mais do que deixar esta explicação. Amanhã, em princípio, já virei aqui com mais calma. E já com rede, espero.



10 comments:

Margarida disse...

Deixe lá o seu Palácio da Pena e regresse rápido. E sem rede. Assim se quer uma mulher como você. Um beijinho.

Capitão-Mor disse...

A rede ainda não chegou ao Monte da Lua? :)

JP disse...

Mesmo assim ainda conseguiste vir aqui escrever qualquer coisinha.

Mesmo assim ainda resolvi vir aqui escrever qualquer coisinha sobre a tua qualquer coisinha.

Moral da história:
Qlaquer coisinha que vem à rede, é peixe.

Beijos.

Mad disse...

Ora, depois de tantos anos, já devias estar habituada a viver sem rede!

Adélio do Tempo disse...

Sua linda irmã Mad, me passou seu endereço pra fazer uma visita. Se ainda estiver sem a famosa rede que te deixa navegar, te convido pra minha rede com todo respeito na varanda de minha casa. Pra poder dormir e sonhar....
"Da Espanha Nada quero, ao norte de meu peito uma espanhola". Me visita e leia....
Um abraço de colibri!

Lord Broken Pottery disse...

Ana,
Não se deixe enredar. Você faz muita falta, menina.
Beijo

redjan disse...

Cheguei em .... mau momento ?

rv disse...

Vêem como a língua portuguesa é meeeesmo traiçoeira?
Vê lá se é preciso fazermos todos um abaixo-assinado para teres rede rapidamente. Já temos saudades!
Beijo
Rosarinho

JG disse...

Então? Este post é de quarta-feira, hoje é segunda e ainda sem rede?
Ai, ai, ai ... tou com sódade :)))

Sofia disse...

Estamos todos com saudades... mas pelo tempo que estás a demorar a arrumar a casa deves ter mudado para o Palácio da Pena e não nos avisaste!!! Para quando o baile inaugural? LOL
beijinhos