sábado, 4 de agosto de 2007

Quedas

Os jornais trazem-nos a notícia de que Mijail Gorbachov é uma das mais recentes estrelas da campanha publicitária da marca Luis Vuitton. O cenário escolhido (pelo próprio, ao que parece) foi o muro de Berlim, ao longo do qual se passeia numa limusine, tendo ao lado um dos mais desejados e imitados acessórios de viagem de todos os tempos - um clássico saco de viagem Vuitton. Consta que Gorby teve que ser convencido a dar a cara por esta marca, e que elegeu o muro de Berlim como fundo, por se orgulhar de ter sido um dos principais artífices da sua queda.
Depois de Gorbachov, Catherine Deneuve e o casal André Agassi-Steffi Graf, a Vuitton está já a pensar em novas personalidades para a sua bem sucedida campanha, e pensa endereçar um convite a Bill Clinton. Não se sabe qual será o cenário escolhido por este, mas tenho uma sugestão: o vestido azul de Mónica Lewinsky, que ele também fez cair com tanto estrondo.

4 comments:

Mad disse...

O vestido sim, mas ela não cabia no saquito de certeza. Curiosidade: qual será o cachet do Bill?

ana vidal disse...

Também gostava de saber...

Mario Cordeiro disse...

Os próximos contratados, se a Louis Vitton mantiver esta linha de "décadence avec glamour" serão os amigos de Alex - há uns quantos por aí...

Agora a sério: o Gorbachov foi mais um caso de como quem tem a coragem de iniciar reformas é trucidado e injustiçado por elas - o que ele fez é espantoso e correu sérios riscos, e acabou ridicularizado, a fazer anúncios para sobreviver, e a Rússia com o Yeltsin, Putin e outros quejandos.

ana vidal disse...

Falando a sério, concordo inteiramente contigo, Mário.
Acho que a Rússia se assustou, não soube perceber o alcance das ideias de Gorbachov nem lidar com a ideia de liberdade, e acabou por escolher mais do mesmo. As mudanças são sempre difíceis, é precisa muita coragem para sair de águas estagnadas, mas conhecidas.