quinta-feira, 28 de junho de 2007

Os amigos da onça


Extraordinária notícia esta, publicada hoje no Diário Digital, que nos deixa a todos sem palavras!
Eu pensava que seria o ministro Mário Lino, sozinho, a dar cabo deste governo com as suas infindáveis argoladas. Mas não. Já tem companhia.
Com amigos destes, caro sr. primeiro ministro, quem precisa de inimigos?

2 comments:

rv disse...

Pois é... Isto está cada vez mais grave: se não dizem asneiras, fazem-nas.
Proponho que nós, portugueses cada vez mais preocupados com a esta terrível doença que está a atacar de forma cada vez mais grave a chamada classe política, façamos uma espécie de "requisição civil" aos portugueses bem formados, inteligentes, com muuuita visão, com espírito de missão, e com paciência de santos, para que, neste quadro de eminência de catástrofe (que só tem o mérito de ainda nos fazer rir), larguem o que andam a fazer e,por favor tomem conta deste País. Se não forem em número suficiente para constituir Governo, paciência... trabalhem mais, que a gente merece. Vale mais poucos mas bons.

A propósito, já viram a entrevista do Negrão, candidato à Câmara de Lisboa, em que se trocou todo a falar no IPPAR (EPUL) e na EPUL (EPAL) ?

E não se pode "exterminá-los"????

av disse...

Não vale a pena exterminá-los, dá trabalho e suja tudo. A avaliar pelas amostras, e cada vez são mais, eles encarregam-se de auto-exterminar-se melhor do que alguém o faria. É só dar-lhes mais algum tempo.

AV